Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lorpa quase-erudito

Escaninho quase tão oco como um ovo que não chocou.

Escaninho quase tão oco como um ovo que não chocou.

Cinco minutos

alarm

 

Ahh! Olhar para o despertador e ver que acordamos 5 minutos antes da hora em que aquele cretino nos arranca insultos de irritação. Haverá melhor sensação do que acordar de forma natural em cima da hora, tranquilo, sem barulhos ou vibrações?

Pois claro que há, que pergunta mais idiota!

 

Então, até que o dito cujo toque realmente, relaxas e organizas na cabeça a meio gás o que queres fazer hoje, levantas-te e regas a sanita seca da noite, enquanto bebes o que sobrou do copo de água na mesa de cabeceira. Tomas um duche, vais para a cozinha abrir o frigorífico e sei lá mais o quê, comes um pão duro mais seco que aquela rapariga que bem (ou mal) tentaste engatar no outro dia, e o raio do pão nunca mais acaba. Duro como tudo, e infinito ou lá o que o valha. E a boca cada vez mais seca, os lábios a colar um no outro e a saliva, toda absorvida naquela esponja ressessa que tens na boca.

 

«Mas porque raio não tenho eu aqui um iogurte ou outro líquido para empurrar este pão?».

É no meio deste pensamento que toca o despertador.

«A sério?» Como é que com tantas possíveis situações, o cérebro se decide a presentear sonhos deturpados de uma rotina matinal? Já não há respeito. Pior, só mesmo quando uma pessoa pára o despertador e sonha que voltou a programá-lo para 10 minutos depois. Claro que, na realidade, acaba por acordar com meia hora de atraso.

 

E pronto, ficamos a pensar na maravilha que seria uma pessoa conseguir fazer o que demora meia hora, em 5 minutos. Cinco minutos de sonho são suficientes para fazer uma data de coisas, era a solução para tudo nesta vida.

24 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O gajo

foto do autor

Citação da semana
When you have exhausted all possibilities, remember this: you haven't - Thomas Edison
Acompanha no facebook
Armado em fotógrafo
Malta ludibriada
Mesa de cabeceira

Manda vir com o lorpa
lorpaquaseerudito@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D