Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lorpa quase-erudito

Escaninho quase tão oco como um ovo que não chocou.

Escaninho quase tão oco como um ovo que não chocou.

Fomento se eu quiser! #5

cow

 

Então e esse domingo? Como é que estamos de gargantas e afins? Quer a tenham usado em gritos de festejo ou lamentação, não vou picar mais o lume. Quero apenas salientar esta disputa memorável, até à última. E isso sim, é de valor!

Mas avancemos, que hoje é dia de fomentar. E não, também não vos quero falar de alimentação saudável. Em primeiro lugar porque não sou Nutricionista ou tenho algum tipo de especialização na área alimentar e, em segundo, porque... Em segundo porque nada, o primeiro motivo é suficiente.

Bom, estou certo que pelo menos em algum período das nossas vidas, já todos nós fomos dominados por aquele desejo em fazer uma alimentação mais cuidada. Afinal de contas está na moda e nós adoramos modas!

Algures em Março ou Abril do ano passado, tive um desses momentos: estar decidido em alterar hábitos alimentares. O principal responsável tem nome e é um documentário:

 

Cowspiracy: The Sustainability Secret

 

Fiquei pasmado. Não podia continuar a ignorar o tema como se este não existisse. Convenci-me que iria deixar de comer carne e de beber leite. Cortei por completo a carne de vaca, a de porco ficou reduzida a duas refeições semanais. Mesmo carnes brancas reduzi bastante (até no peixe reduzi!).

Este cenário durou cerca de mês e meio, altura em que vim a casa de fim de semana e lá foi o meu projecto quase vegetariano por água abaixo. Percebi que é muito difícil lutar contra o que fomos uma vida inteira, sobretudo quando não estamos obrigados a ter que fazê-lo. Acabei por regressar aos velhos hábitos à medida que o tempo foi passando. Mas tenho a certeza que o meu consumo de produtos de origem animal hoje, é bastante inferior ao de há dois anos.

Durante esta semana pretendo escrever acerca desse mês e picos, dessa experiência e do porquê de ter "falhado". Por hoje, quero apenas aconselhar toda a gente a ver o documentário.

Ao procurar o trailer no YouTube, encontrei uma versão completa. Deixo aqui a primeira parte para quando tiverem um tempo livre. E vontade, claro.

 

 

Boa semana, gente!

 

9 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O gajo

foto do autor

Citação da semana
When you have exhausted all possibilities, remember this: you haven't - Thomas Edison
Acompanha no facebook
Armado em fotógrafo
Malta ludibriada
Mesa de cabeceira

Manda vir com o lorpa
lorpaquaseerudito@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D