Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lorpa quase-erudito

Escaninho quase tão oco como um ovo que não chocou.

Escaninho quase tão oco como um ovo que não chocou.

Vamos imaginar que...

...esta notícia está a esconder factos. A quem não lhe apetecer ler, basicamente, um homem foi detido por tentar matar outro à enxadada.

Tendo vivido em Viseu durante 5 anos, não resisti a vir meter o bedelho e criar histórias na minha cabeça.

O conflito ocorreu em Campo de Besteiros, que por si só gera material suficiente para puxar pela imaginação. Um besteiro é um fabricante de bestas ou alguém que saiba atirar com as mesmas (como os arqueiros, por exemplo). Bastava que a freguesia fizesse jus ao nome. Aparentemente, estão mais virados para as enxadas.

 

braço ferro

 

O agressor é um pedreiro, 53 anos, desempregado (vamos chamar-lhe "E"). O agredido, 56 anos, fica o "D". Parece que a quezília entre ambos era antiga. Terá sido o agressor a começar as provocações. Estou a imaginar o filme todo em sotaque beirão:

 

E: - Ó D, tájaber esta enxada? - Aponta para a cabeça do arqui-inimigo. - Era mêmo boa pra te dar nos cornos.

D: - Debes tar a alembrar-te dos que a tua Isaura te pôs antes de fugir pá Francha com o Jé padeiro. - Solta uma gargalhada de troça.

E: - Carago, tu quéj'ber que é hoje que eu te limpo o chebo, ó burro da merda? - Caminha de enxada levantada em direcção a D.

D: - Melhor que pegaches na enxada e foches trabalhar - Ri-se ainda mais. - Mas pra icho era prechijo que tiveches trabalho.

 

Um E enfurecido grita "cabrão do carago!" enquanto despede duas enxadadas impetuosas no inimigo. Uma na cabeça e outra na bacia, que faz com que D vá ao chão. Antes de uma eventual terceira, vê que o homem está a jorrar sangue da cabeça e contém-se. Foge e vai chamar o INEM, só por descargo de consciência: odeia o homem mas não quer ir parar à cadeia.

 

Moral da história (Lorpa): Morar numa terra de nome duvidoso dá merda.

Conclusão quase-séria: Homem que começa uma discussão e que, vendo-se sem argumentos, recorre a violência para calar o outro, merecia que lhe nascesse um cacto avantajado no recto. Um cacto de crecimento acelerado em direcção ao ânus. Sem parar, inoperável.

 

E era isto gente, assim me despeço até segunda: pela porta pequena que eu caibo bem em qualquer lado. Bom fim de semana e tenham cuidado com essa malta que não gosta de chocolate. São "serial killers" na certa.

Não se estraguem, até segunda!

7 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O gajo

foto do autor

Citação da semana
When you have exhausted all possibilities, remember this: you haven't - Thomas Edison
Acompanha no facebook
Armado em fotógrafo
Malta ludibriada
Mesa de cabeceira

Manda vir com o lorpa
lorpaquaseerudito@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D