Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lorpa

Lorpa

Breve semi-lorpice

... Porque entramos na semana do Natal e eu tenho andado claramente a dormir. Apreciava, vamos lá ver, não andar armado em tuga pelo sei lá quantagésimo ano consecutivo.

 

Trata-se, portanto, de um assunto sério. Eu tenho uma certa dificuldade em lidar com assuntos sérios, sempre tive. Na medida em que grande parte dos assuntos sérios são extremamente engraçados. Por exemplo, hoje vou novamente aproveitar a manhã livre para ir à Segurança Social. É a quarta vez este mês, para tratar de assuntos (aparentemente) sérios relacionados com a reabertura da actividade.

A comédia está em não ter mais nenhum período livre até à véspera de Natal, mas ainda assim ir aproveitar este da maneira que vou. Resta-me portanto acreditar que vou deixar o assunto arrumado. No mínimo. No máximo quero acreditar que a senhora, chegando ao final do atendimento, dirá algo como:

 

 

- Caro jovem, as visitas a que se sujeitou durante este mês faziam parte de um esquema organizado para testar os seus limites. Quero informá-lo que passou no teste e, portanto, poderá escolher uma das seguintes opções de vida:

A) Um cartão presente no valor de 1000€ para gastar como quiser (até mesmo droga, desde que o seu dealer tenha multibanco)

B) Férias até ao dia de Natal

C) Uma réplica da manjedoura original do Menino Jesus (c/ oferta de uma vaca limitada ao stock existente)

D) O cancelamento do Natal

 

É nisto que acredito. Qual é a pior coisa que pode acontecer?

 

 

E vocês, em que é que acreditam?

Boa semana do Natal, minha gente! 

 

P.S.: A opção D afinal está fora de questão.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

4 comentários

Comentar post